Entenda o Mercado de Opções 3: exemplo de opção de compra

Este artigo faz parte da série Entenda o Mercado Opções. A série é de autoria do convidado Elvis Pfützenreuter. Ele é editor do blog #d00dzFinance e autor do livro Investindo no Mercado de Opções. Ele também oferece uma calculadora de opções Black e Scholes online, que calcula toda uma série de opções de uma vez só.

Leia também:

Vamos a um exemplo prático. A opção VALEJ40 é uma opção de compra, que vence em 20/Out, e garante um preço de compra de R$ 40.

Considerando que VALE5 vale apenas R$ 35 no momento, por que alguém pagaria pelo direito de comprá-la a R$ 40? Não parece fazer sentido — a não ser que o investidor acredite que VALE5 vá disparar até o vencimento. Digamos, se VALE5 subir para R$ 45, o exercício da opção economiza R$ 5 por opção.

Talvez o investidor esteja sem dinheiro para investir em VALE5 agora, mas tem certeza absoluta que ela vai subir muito, e pretende meter o pé na porta. Assim, ele garante o preço de R$ 40 para um momento futuro, quando ele terá o dinheiro para efetivamente exercer a opção e adquirir
VALE5.

Se VALE5 mantiver-se abaixo de R$ 40 até o vencimento, a opção vencerá e virará pó. Ou seja, o prêmio pago por ela será completamente perdido, da mesma forma que um seguro sem sinistros.

Agora, qual seria o prêmio adequado para esta opção? Para responder a esta pergunta, primeiro precisamos entender a volatilidade, que é o “nervosismo” do preço da ação, no caso VALE5.

Se tivéssemos certeza que VALE5 não tem nenhuma chance de subir acima de R$ 40, então saberíamos que a opção VALEJ40 não vale nada, pois nunca teríamos chance de usar o direito de compra.

Naturalmente, ninguém tem certeza de nada no mercado. Para determinar o prêmio de VALEJ40, precisamos determinar a volatilidade de VALE5, da mesma forma que uma seguradora leva em conta estatísticas de acidentes e roubos para calcular o prêmio do seguro.

Supondo que a volatilidade de VALE5 é de 35% ao ano (ou seja, pode subir ou cair 35% ao ano, em média), podemos lançar mão de qualquer calculadora de opções que há na Internet (use uma grátis), e calcular seu prêmio.

Para os seguintes dados de entrada
: juro-base de 13,75% ao ano, strike de $40, spot de R$ 35, volatilidade de 35% ao ano, e vencimento em 39 dias (considerando de 11/Set a 20/Out), o valor do prêmio seria R$ 0,33.

A estimativa da volatilidade é um problema sério, porque ela baseia-se em dados passados. A volatilidade futura da ação pode ser completamente diferente. Assim, o prêmio de uma opção no mercado costuma ser bem diferente do estimado, conforme o mercado acreditar em volatilidade futura mais alta ou mais baixa que a histórica.

Elvis Pfützenreuter é mestre em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina e graduado em Ciências Contábeis pela Universidade da Região de Joinville. É pesquisador e professor na área de informática. Trabalha no desenvolvimento de sistemas financeiros desde 1993 e investe no mercado financeiro desde 1997.

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Entenda o Mercado de Opções 3: exemplo de opção de compra

5 comentários em “Entenda o Mercado de Opções 3: exemplo de opção de compra”

  1. Felipe,

    desculpe a demora na resposta, mas esperei que você lesse o artigo número 1 da série onde você encontra o seguinte:

    * Preço atual do ativo subjacente (denominado spot)
    * Preço futuro garantido pela opção (denominado strike)
    * Taxa de juros da economia;
    * Prazo até o vencimento da opção (denominado vencimento ou expiração);
    * Taxa média de oscilação do preço do ativo subjacente, também conhecida como
    * volatilidade.
    * E naturalmente, se a opção é de compra ou de venda.

    E o valor R$ 35 é só um exemplo.

    Abraços do Alessandro!

  2. Boa tarde, não entendi uma coisa: então para VALEJ40 sofrer valorização a ação VALE deverá ter valor superior ou inferior a 40.
    grato

  3. “Se VALE5 mantiver-se abaixo de R$ 40 até o vencimento, a opção vencerá e virará pó. Ou seja, o prêmio pago por ela será completamente perdido, da mesma forma que um seguro sem sinistros.”…

  4. Olá,

    Onde consigo os dados sobre a volatilidade dos ativos? Essa volatilidade é dada pela média dos devios-padrao históricos? Há algum banco de dados gratuito que fornece os dados das açoes listadas na Bovespa?

    Obrigado e parabéns pelo site.

Deixe um comentário